24th June 2020 Noodles

Mais um dia que passou, mais uma noite que chegou, mais uma hora, mais um minuto. O tempo passa sem darmos por isso e quando paramos para pensar sentimos que nada mudou, que tudo está na mesma. Claro que não está na mesma, no entanto a sensação está lá. Bem sei que há muita coisa que muda, que evolui e sei também que há coisas que não vão mudar. Sei que há coisas que não vão acontecer e não há nada que se possa fazer… Resta apenas aceitar.

23rd June 2020 Noodles

Quando nos apercebemos que o ser cósmico que nasce nas estrelas surge no horizonte longínquo e vem para falar connosco, está na hora de parar de beber. Se isto dizer algum sentido para alguém, terá um significado diferente para cada um.

22nd June 2020 Noodles

Tenho poucas palavras para escrever, o meu vocabulário emocional está num pouco vazio. Quer dizer… No fundo, até tenho muito para escrever, só não sei se… Enfim, há muito para escrever e apetece-me escrever até cair para o lado. No entanto, há um pequeno pormenor: muito pouca gente, se é que alguém, vai entender o que escrever. Não é o não entendimento que me preocupa, são as perguntas e preocupações resultantes desse não entendido. Assim que lerem o que escrevo e tirarem as suas conclusões preocupam-se e perguntam e depois tento explicar e depois continuam sem entender. Acho que não…

21st June 2020 Noodles

A noite chega sem pedir qualquer licença ou autorização. Num momento é dia no momento seguinte está escuro. Se estivermos distraídos nem sequer damos por ela até ser demasiado tarde. A noite não tem nada de mau, muito pelo contrário, é das alturas mais sossegadas do dia. É uma altura ideal para meditar, relaxar e no entanto é também uma altura em que pensamos em tudo, incluindo aquilo que podemos não querer pensar. Nada de grave, nada de mal e nada de bom também. É apenas um estado, um silêncio ensurdecedor.

18th June 2020 Noodles

Há dias de alegria, há dias de tristeza, há dias apáticos e há dias de rabugice. Quer dizer, há muito mais estados do que estes quatro, mas não me apetece estar aqui a enumerar todos, além disso, estes quatro chegam. Hoje foi um dia de rabugice, estive o dia todo assim meio zangado. Não era nada de concreto, era mesmo zanga com o mundo, e ainda não estou a cem por cento. Olhando em profundidade para esta zanga consigo perceber o que é que está por baixo. Houve vários momentos durante o dia em que no meio desta zanga eu…

17th June 2020 Noodles

Por vezes dá-me para escrever sem pontuação e noutras alturas com a pontuação correcta. Neste momento apeteceu-me escrever apenas com a pontuação e deixar de parte as vírgulas. Isto transforma-se rapidamente num exercício interessante uma vez que tenho que me controlar para não escrever as vírgulas ou outros símbolos de pontuação. É giro de vez em quando fazer destas coisas. Desafiar os meus “automatismos” na escrita ou noutra situação qualquer. Além disso é também um bom exercício mental uma vez que obriga o cérebro a trabalhar.

15th June 2020 Noodles

Saiu de casa para ir dar uma volta. Um passeio sem destino marcado, apenas andar por aí. Leva consigo a carteira, o telemóvel e o livro que anda a ler, nada mais é preciso. Talvez alguma companhia fosse bom, mas não é essencial; ele está muito confortável consigo próprio. Talvez demasiado, há quem diga. Há por ali uma esplanada sossegada. Senta-se e aguarda calmamente que o venham atender. À sua volta, algumas pessoas conversam animadamente, falam das suas coisas, do dia-a-dia. Chega a dona do café, cumprimenta-o e pergunta o que vai ser. Um chá de limão e um pão…

14th June 2020 Noodles

Ultimamente tenho sonhado imenso, e sempre sonhos. Uns bons, outros estranhos e nada de pesadelos. Já não me lembro quando tive um pesadelo pela última vez. Os meus sonhos normalmente são coisas boas que me acontecem ou que eu queria que me acontecessem, ou então são sonhos muito estranhos que não fazem sentido nenhum. Não sei o que nos leva a sonhar. Sei que há várias teorias ou até mesmo explicações, mas não as conheço. De qualquer maneira é tudo muito estranho. Há alturas em que, se sonho não me lembro de nada e outras alturas em que me farto…

12th June 2020 Noodles

Vivemos actualmente uma época em que opiniões divergentes provocam zanga, raiva, agressão, entre outras coisas. Creio que sempre foi assim, no entanto agora tudo é amplificado pela televisão e pela internet com as suas redes (anti-)sociais. Há alguns anos atrás havia opiniões contraditórias, discussões e até mesmo violência por causa disso, no entanto raramente saía fora da localidade do acontecimento. Hoje em dia, há algo que acontece num país qualquer que provoca reacções nas populações do mundo inteiro. Estava para começar a escrever uma longa dissertação sobre tudo aquilo que penso em relação ao racismo sistémico que estamos a ver…

11th June 2020 Noodles

Há alturas em que precisamos de desabafar com alguém. Não queremos conselhos, nem opiniões, nem simpatia, apenas queremos deitar tudo cá para fora. Há quem tenha a sorte de ter alguém que ouça sem tecer qualquer comentário… talvez uma pergunta aqui e ali para tentar perceber melhor a coisa, nada mais. Há também a possibilidade de escrever tudo o que vai pela alma. Isto no entanto traz os seus inconvenientes; as pessoas que nos querem bem ficam preocupadas connosco, tentam animar-nos se estivermos tristes… no entanto não é isso que queremos. Não estamos à procura de animação e também não…