15th May 2005 Noodles

Detesto jogos e detesto pessoas que fazem jogos. São pessoas que não são capazes de dizer as coisas directamente, não são capazes de agir frontalmente, pessoas que lançam o isco para ver se o peixo morde. Joguinhos e joguetes da treta, que são tudo menos interessantes. Podem até ser interessantes para quem os pratica, mas não o são para a maior parte das pessoas a quem são dirigidos. Coisas tristes os jogos, ignomínias da maior espécie. É curioso que normalmente quem faz joguinhos, em alguns casos de sedução, são os típicos “vítimas”, os desgracadinhos, os coitadinhos, aqueles que são mal-amados,…