7th June 2021 Noodles

Estou sozinho. Estou talvez ligeiramente melancólico, mas nada de extraordinário. Pode-se dizer que estou tranquilamente bem disposto com um pingo de “neura”. Como disse, não é nada exagerado ou preocupante. São apenas alguns sentires que voltam às superfície; aquela sensação de que falta alguma coisa. Sei exactamente o que é que me faz falta, no entanto, sei também que não é fácil encontrar o que me faz falta. Aliás, é algo que com o passar do tempo fica mais difícil. Cada dia que passa mais aceito esta realidade de uma forma serena. Não estou resignado, não desisti de procurar o…

28th May 2021 Noodles

Há músicas que nos fazem viajar. A sua melodia leva-nos a explorar sítios com a nossa imaginação, por vezes é a letra que nos faz sentir muitas coisas. Emoções, arrepios, lágrimas, felicidade, melancolia, é todo um conjunto de coisas que sentimos quando uma música nos toca. Obviamente que isto não aonctece com todas as músicas e a mesma música não tem o mesmo efeito em todas as pessoas. Creio que a música é das melhores formas que há de transmitir emoções e sentires. embora aquil oque o ouvinte ouça possa não ter nada a ver com o que o compositor…

27th May 2021 Noodles

Já lá vão uns meses desde a última vez que escrevi. Tenho tido falta de inspiração e também falta de tempo para escrever. Bom… De facto tempo foi coisa que não me faltou ultimamente. Estive internado duas vezes e isso deu-me tempo mais do que suficiente para escrever. O que me faltou mesmo foi a criatividade ou mesmo a vontade. Hoje fui inundado por sentimentos que já não tinha há muitos anos, ou melhor, fui inundado pela memória desses sentimentos. Não comecei a senti-los de novo, simplesmente comecei a lembrar-me de como me sentia na altura. Claro que, sendo um…

27th October 2020 Noodles

It’s been a while since I wrote something. I just haven’t been feeling in the mood for it. Actually I haven’t been feeling much. A bit of sadness here, some happiness there, but nothing too enthusiastic. I have actually been feeling numb. It’s so that o sometimes need to force myself to feel something. Almost as if nothing is there to feel. Who knows, maybe this is how it’s supposed to be. Or maybe not. I don’t care.

25th September 2020 Noodles

Várias vezes tenho as minhas dúvidas existênciais. Faço perguntas a mim próprio que me levam a pensar em coisas que me preocupam ou que de algum modo me ocupam a mente. Tenho questões sobre os mais variados assuntos, incluindo profissionais, como por exemplo: qual é a utilidade do que eu faço no meu trabalho? A verdade é muito mais simples do que parece. O que faço não tem qualquer utilidade prática. Outras questões estão mais relacionadas com o foro emocional. Perguntas como porquê, como, etc. Tenho uma mente até muito organizada, diria até, limpa, no entanto, é difícil escrever de…

23rd September 2020 Noodles

Estou com a criatividade um pouco em baixo. Acho que estou a passar por uma fase pouco desafiante, a vários níveis. Faltam-me desafios, coisas que me façam pensar, que alimentem a minha criatividade Eu sei que não posso (nem quero) depender de ninguém para ser criativo, aliás isso nunca foi o caso (que me lembre). Simplesmente acho que a falta de convivência com outras pessoas está a afectar a minha capacidade de escrever. Uma das coisas que ajuda a escrita é ler. Ler muito. E tenho feito disso com fartura, no entanto falta mesmo o contacto com outros. Pode ser…

19th September 2020 Noodles

I am what I am and I don’t really know what I am. I also could be what I could be and still not know what that be, and in the past I was whta I was and never had a clue as to what it was that I was. Living life minute by minute, no big plans for the future and no big regrets from the past, just not caring about the destination and simply enjoying the ride. This is, according to some, a “bad” way to live as we “must” have goals and big plans for the future….

18th September 2020 Noodles

Todos os dias nós vemos a vida através de uns óculos com lentes de cor variável. Uns dias são lentes cor de rosa, outros dias são lentes pretas. Claro que isto é tudo metafórico. No fundo k nosso estado de espírito muda e consequentemente a maneira como vemos as coisas muda também, juntamente com a nossa reacção ao que vemos e vivemos. À medida que crescemos há uma tendência generalizada para deixarmos de usar as lentes cor de rosa. Normalmente porque a sociedade diz que essas lentes são para os ingénuos ou para as crianças. Com este tipo de pressão…

17th September 2020 Noodles

Estou a passar um momento em que só me apetece desaparecer. Não me apetece trabalhar, nem estar de férias ou c amigos ou mesmo com ninguém. Apetece-me estar comigo e desaparecer para o mundo. Curiosamente, há muitas coisas que me impedem de desaparecer e todas elas são exteriores a mim, maioritariamente família e amigos. Há demasiada explicação a dar na eventualidade do meu desaparecimento. Bem sei que sou dono da minha vida e que se me apetecer desaparecer, posso fazê-lo e não tenho que explicar nada a ninguém, no entanto, as coisas não funcionam bem assim. As pessoas com quem…

14th September 2020 Noodles

Recentemente vi um filme que me deixou a pensar. Mais ainda, deixou-me a sentir. A personagem principal do filme está a passar por algo que é, em muitos aspectos, semelhante a algo que eu sinto. A solidão intencional. Estou sozinho, grande parte por opção e outro tanto por circunstâncias da vida. Apesar da minha situação, não me sinto sozinho. Desde que me lembro de ter consciência que me sinto bem com a minha própria companhia. Quando era pequeno, divertia-me imenso sozinho. A minha imaginação era extremamente fértil e qualquer objecto servia para brincar ou criar uma história. Cresci e fiz…