9th July 2020 Noodles

Neste universo há pessoas para todas as pessoas, como se costuma dizer, há uma tampa para cada panela. Acredito que sim… Não me apetece escrever muito mais hoje. Estou cansado. Mental e emocionalmente cansado. Às vezes é como se estivesse a remar contra a corrente e hoje é um desses dias. Amanhã é um dia novo, logo se vê.

8th July 2020 Noodles

Hoje de manhã enviaram-me uma parábola. Creio que era uma que já conhecia, mas já não me lembrava dela. A moral da parábola ficou-me na cabeça: “this too shall pass” A impermanência das coisas é algo que tenho vindo a aprender a aceitar com o tempo. Tempos tristes passam, tempos felizes passam, nada é permanente. E tal como descobriu Lavoisier: “nada se perde, tudo se transforma”. Sou hoje em dia uma pessoa completamente diferente do que era, já mudei e já me transformei várias vezes ao longo da minha vida. Sempre em mudança, aprendizagem constante e fases das mais variadas…

7th July 2020 Noodles

É muitas vezes a minha parte favorita de todo o dia,l. A parte que, normalmente, é a mais sossegada, com pouco barulho. A parte mais fresca. A altura do dia em que vejo melhor, o excesso de luz incomoda-me, faz-me cerrar os olhos… Por vezes sou mesmo obrigado a tapar os olhos por causa da claridade. À noite é quando a minha criatividade está mais activa, quando consigo criar mais. Claro que não é assim sempre, todos os dias, no entanto pode-se dizer que quase todos os dias.

5th July 2020 Noodles

Compor música é para mim um acto de prazer puro. Gosto de tudo o que envolva criação e criatividade, mas se tivesse que ordenar uma lista por importância, creio que a composição musical apareceria no topo. Toda a música que componho tem dois objectivos: o primeiro é o prazer que sinto só pelo simples facto de compor, o segundo é levar-me a mim e a quem ouve numa viagem. Não há mensagens sociais, nem de amor, nem de nada, há apenas uma viagem por um qualquer ambiente. Esse ambiente para mim pode ser uma coisa, para outra pessoa poder algo…

4th July 2020 Noodles

Mais uma semana que passou, um fim de semana que chega. Será que a vida é isto é apenas isto? Trabalho, algum descanso, mais trabalho, novo descanso e por aí em diante. Que coisa mais ridícula. Bem sei que tenho contas para pagar e como tal tenho que trabalhar para ganhar dinheiro. No entanto se a vida é só isto, então não vale a pena. É tipo, fazer isto até me reformar ou até esticar o pernil? Que raio de bosta aborrecida. Assim desta maneira não há paciência que aguente. Por muito que uma pessoa adore o que faz no…

2nd July 2020 Noodles

Aqui há uns dias escrevi uma pequena pérola de sabedoria sobre “o monstro” e desde aí tenho estado a pensar num corolário. Ainda não sei bem se escreva o tal corolário ou não. Não é que não me apeteça escrever, é mais uma certa falta de inspiração. Eu falava sobre não haver nada que seja feito e que isso depende da forma como olhamos para as coisas. E de facto é assim que acontece. A maneira como olhamos para as coisas traduz-se na beleza que vemos nelas.

1st July 2020 Noodles

Como ser e permanecer optimista e positivista? Por todo o lado e cada vez mais se vê coaches, gurus, “bloggers” e um sem fim de “especialistas da poda” a dizer e a escrever coisas sobre o positivismo, a felicidade, o sucesso, etc. Falam disso como se não pudesse haver mais nada na vida de uma pessoa. O objectivo é ser feliz sempre e para sempre e para isso temos que ser sempre positivos. Não podemos ter pensamentos ou ideias, consideradas negativas, não podemos nunca sentirmo-nos tristes porque isso é ir contra o objectivo de ser feliz sempre e para sempre….

29th June 2020 Noodles

Com a mente meio vazia, pouco se passa aqui hoje. Há poucos desafios, falta conversar, debater, rir… Há de facto um vazio que preenche algo. É curioso como um vazio pode encher algo.

29th June 2020 Noodles

I feel, a lot. It’s a sort of anguish that I have inside but not exacly depressing. It’s an ovverwhelming feeling of “overwelmness” (if there is such a thing). It’s such a powerfull feeling that it can almost become physical. It might be called “psycossomatic” but not entirely, maybe similar. I miss some stuff and some people, mostly people with some stuff. And by “I miss” I really mean that there is a lack of some atuff and people in my life. I’m not lonely, far from it. Even though I’m alone most of the time, I rarely feel lonely….

26th June 2020 Noodles

Quando há uma semana de trabalho para algo que não tem nada de especial mas que já está cheia com para qualquer coisa que eu possa fazer, de facto não me recordo se foi feito para o lado. O parágrafo acima foi totalmente escrito com palavras sugeridas pelo teclado do meu telemóvel, a única palavra que eu escrevi foi “quando” tudo o resto foram sugestões. O parágrafo até faz algum sentido e no entanto não diz nada, já parece aquilo que eu tenho escrito ultimamente. Sim, tenho plena consciência que uma boa parte do que tenho escrito são palavras em…